Pesquisar este blog

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Descubra se alguém mente para você


Por María Jesús Ribas / EFE Reportagens

Por necessidade, para conseguir algo, evitar um castigo, não causar dano, sobreviver, manipular, para exagerar os méritos próprios ou dissimular os aspectos menos agradáveis de nossa personalidade, ou ainda por costume. As razões são muitas, mas o certo é que todos mentimos em algum momento, embora não gostemos de reconhecê-lo.Não é apenas importante aprender a defender a verdade, porque com o passar do tempo ela nos leva mais longe na vida; também é preciso descobrir quando nos mentem deliberadamente. Por trás da mentira podem se esconder intenções pouco benéficas para nós.

Permanecer atento a alguns elementos da conversa da pessoa com a qual nos comunicamos, sobretudo a alguns indícios muito reveladores em sua forma de se expressar, é uma das maneiras mais simples de averiguar se quem fala diz a verdade.Os sinais do engano
As pistas não são infalíveis, mas quando se acumulam são um claro sinal de que alguém está nos "contando uma história", ao invés de nos dizer o que está acontecendo ou pensa de verdade.
É provável que uma pessoa esteja mentindo quando:

Dá uma determinada informação ou dado sem razão aparente ou nenhuma necessidade. Nesses casos convém perguntar por que faz isso, já que essa "cortina de fumaça" costuma ser um indício de que ela quer esconder outra coisa que não deseja revelar. Alguém se desculpar ou se justificar sem que o tenham pedido costuma ser outro indício inequívoco de que não está dizendo a verdade.

Lança opiniões a respeito de uma terceira pessoa ou de uma situação com uma mistura de humor e ironia que acabam sendo excessivos. As brincadeiras saudáveis são agradáveis para todos os que as ouvem, e fazem todos sorrirem por igual de maneira natural. Quando são realizados comentários com "humor demais" ou uma hilaridade forçada, costuma-se esconder alguma opinião negativa, "envenenada" ou depreciativa. O sarcasmo é um sinal frequente de hostilidade mal-dissimulada.

Dá respostas excessivamente longas ou vagas> Os mentirosos costumam recorrer a este tipo de contestação para esconder ou deformar a verdade. Também costumam fazer rodeios, ou então contestar com outra pergunta, para evitar entrar totalmente em um assunto ou se esquivar de um tema. Para comprovar se se trata de uma manobra de distração, convém esquecer o tema e voltar a abordá-lo quando o interlocutor estiver relaxado ou tenha mudado de atitude. Se ele novamente começar a dar respostas "nebulosas", há razões para suspeitar que mente ou tenta esconder a verdade.

Recorre a uma série de "frases feitas" para começar suas afirmações."Vou ser sincero com você". "A verdade é que...". "O certo é que...". "Você não vai acreditar, mas...". "O que me aconteceu é incrível!". Por trás desses comentários, que costumam se referir à veracidade do que se vai dizer, na realidade vem o contrário: uma ou várias mentiras. A pessoa que as diz sabe que está cometendo um embuste, e inconscientemente tenta compensá-lo assegurando que diz a verdade.

Nenhum comentário: