Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Tempos de Política

Charge retirada do Blog do Ozaí

Leandro Ferraz, almenarense ausente, graduando do curso de Historia da UFU escreve sobre politica.

Tempos de Política

Para grande parte da população, falar de política é falar de voto. Mas, não é bem assim. Somos seres políticos, utilizamos a política em tudo o que fazemos: relacionamento entre casal, pais e filhos, amizades, professores e alunos, patrões e empregados etc. Porém, a política só é percebida em ano eleitoral. E é justamente nesta época que aparece outro fator que, para aquela grande parte da população acima citada, também virou sinônimo de política: as promessas eleitoreiras.

Parece coisa de tempos remotos, mas não é. Está presente ainda hoje. É muito comum candidatos, principalmente para vereadores, prometerem mais do que a futura função lhes permite. Antes de irmos às urnas, fiquemos atentos. Vamos procurar saber qual é o verdadeiro papel de um vereador; o que pode e o que não pode um prefeito; e o vice-prefeito, qual a sua função?

Política não é brincadeira. Muitos conhecidos como “políticos profissionais” aproveitam a falta de informação dos eleitores para se perpetuarem no poder. Precisamos, enquanto cidadãos e eleitores, fazer valer o nosso voto. Essa é uma de nossas armas, a indignação é outra. Não desperdicemos a chance promovermos mudança em nossa cidade.

Um voto errado (sem consciência, vendido, anulado) causa um estrago tão grande que, temos de esperar mais quatro anos para tentar consertar. E quando o prejuízo é muito grande será mais quatro anos correndo atrás daquilo que perdemos ao invés de avançarmos em melhorias.

Pense nisso!!!

Reflexão postada no site do Jornal Diário do Jequi, em 04/08/2008.

Nenhum comentário: