Pesquisar este blog

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Antigo Pastor do Planet Shakers finge doença terminal

Publicada por vepo em 21 de Agosto de 2008, Via Dotgospel e Pavablog.

O pastor da Planet Shakers Church, Michael Guglielmucci, foi recentemente desmascarado. Faz dois anos que Michael afirmava ser um doente terminal. Chegou até mesmo a fazer shows com um tubo de oxigênio ligado ao nariz, o vídeo de um desses shows alcançou a marca de 300.000 acessos no YouTube, hoje porém no endereço deste vídeo vemos apenas a mensagem: "vídeo não está mais disponível."
Ex-pastor da Igreja de Adelaide na Austrália, e filho de um dos fundadores da "Edge International", Michael era pastor da Planet Shakers Church. No inicio desse ano, Michael compôs a musica "The Healer" (O Curador) que foi gravada pela Igreja Hillsong de Sidney em seu último álbum ("This Is Our God"). E alcançou o segundo lugar na lista ARIA Charts. A canção se tornou um hino de fé para os cristãos, muitos dos quais estão sofrendo de sérias doenças e estavam orando por um milagre para Michael.
Ao que parece, Michael, que era um pastor de uma das maiores igrejas jovens da Austrália, pode ter enganado até mesmo sua própria família. "Essa notícia veio como um grande choque para todos, incluindo, ao que parece, para sua própria esposa e família", afirmou ontem o líder da Igreja Hillsong, George Aghajanian, em um e-mail para sua congregação. "Estamos pedido para nossa igreja orar pela família de Michael durante esses tempos difíceis".
O jornal "The Advertiser", da noite passada, anunciou que Michael pode soltar uma declaração sobre sua situação.
A "Australian Christian Church" (Assembléia de Deus na Austrália) afirmaram que Michael foi imediatamente desligado uma vez que anunciou que seu câncer era uma farsa. "A Executiva Nacional está muito preocupada com o assunto e está apenas aguardando os resultados dos exames médicos antes de determinar a dimensão total da disciplina que serão impostas a ele", disse o vice-presidente Alun Davies. "Estamos muito preocupados com o grande número de pessoas que podem ter sido feridas ou serão feridas pelos atos de Michael. Nós pedimos a todas as nossas igrejas que orem por essas pessoas."

Fonte: Adelaide Now
Via: Twitter

Um comentário:

Juber Donizete Gonçalves disse...

É cada coisa esquisita hoje em dia né? Parabéns pela postagem. Gostei de saber de mais um blogueiro aqui de Uberlândia.

Graça e Paz sobre ti,

Juber