Pesquisar este blog

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Aos 36 anos, Elivelton curte o fim da carreira na terceira divisão paulista

Jogador já fez gol em final de Libertadores pelo Cruzeiro e já deu alegrias ao Timão, mas garante que é são-paulino desde criança




(...) o São Paulo, sem dúvida. Foi quem me projetou para o mundo do futebol, me deu estrutura, me formou, que me deu todas as oportunidades. Por isso tudo eu tenho um carinho especial pelo clube. Além de ser meu time de criança – relembra o jogador.


(...) Apesar de ainda sonhar em continuar jogando Elivelton garante que já tem tudo “engatilhado” para quando decidir parar. Para isso, ele e a esposa abriram uma loja, uma escolinha e uma academia. Mas quando olha para trás e lembra da carreira, Elivelton destaca três momentos marcantes.

- São três. No
São Paulo, quando fomos campeões mundiais com o gol Raí, batendo falta. Depois em 95, campeão paulista pelo Corinthians, que eu marquei o gol aos 14 minutos da prorrogação, e a Libertadores do Cruzeiro em 97.


Fonte: GloboEsporte.com.

Nenhum comentário: